#229e00

#0d4f00

Veneziano anuncia articulação para derrubar veto de Bolsonaro à Lei Paulo Gustavo, que previa 3,8 bilhões para a cultura

Veneziano anuncia articulação para derrubar veto de Bolsonaro à Lei Paulo Gustavo, que previa 3,8 bilhões para a cultura

O vice-presidente do Senado Federal, senador Veneziano Vital do Rêgo (MDB-PB), anunciou na manhã desta quarta-feira (6) uma articulação para derrubar o veto do presidente Jair Bolsonaro à Lei Paulo Gustavo, que previa a destinação de R$ 3,8 bilhões para o setor cultural brasileiro.

“Vamos articular para derrubar este veto do presidente Bolsonaro, extremamente danoso à nossa cultura, e garantir os recursos necessários para o fortalecimento deste setor tão importante para a Paraíba e para o nosso país”, disse Veneziano.

Em vídeo postado nas redes sociais, o senador paraibano lamentou a decisão do presidente, que segundo o parlamentar, trará enormes prejuízos para um setor tão prejudicado nos últimos anos, sobretudo durante a pandemia da Covid-19.

“Nós lastimamos, repudiamos, repugnamos e haveremos, como congressistas, o mais breve possível, analisar e derrubar este veto, afinal de contas, a cultura merece o respeito, que mais uma vez deixou de ser apresentado pelo presidente da República”, afirmou Veneziano.

Detalhes da Lei – A proposta vetada pelo presidente previa um socorro de R$ 3,862 bilhões ao setor cultural neste ano e obrigava o governo federal a repassar os recursos a Estados e municípios para aplicação em ações emergenciais, em razão da pandemia.

Dos 3,86 bilhões destinados ao repasse, foi definido que R$ 2,79 bilhões iriam para ações no setor audiovisual e o outro R$ 1,06 bilhão para ações emergenciais no setor cultural. O custeio seria feito por meio de dotações orçamentárias da União e superávit financeiro de receitas vinculadas ao Fundo Nacional de Cultura, além de fontes que não especificadas no projeto.

WSCOM

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print