#229e00

#0d4f00

Programa Opera Paraíba Pediátrico começa nesta segunda-feira no Hospital de Clínicas.

O Hospital de Clínicas de Campina Grande dá início, nesta segunda-feira (23), a um mutirão de cirurgias do programa Opera Paraíba Pediátrico. Serão ao todo 100 cirurgias realizadas em quatro dias de procedimentos, que seguem durante a semana nos dias 26, 28 e 29 de janeiro.  As intervenções vão contemplar 25 pacientes por dia, atendendo aos casos de hérnia e postectomia em crianças ou adolescentes.

“O Opera Paraíba já contempla com maestria as cirurgias destinadas a adultos, atendendo paraibanos de todas as regiões com procedimentos nas mais diversas especialidades. Agora, por determinação do governador João Azevêdo, as crianças e adolescentes serão prioridade, com o objetivo de reduzir a demanda existente”, explica o diretor técnico do hospital, Thyago Morais.

A unidade já realiza diariamente procedimentos, por meio do programa, nas especialidades de cirurgia geral, ginecológica, urológica, oftalmológica, otorrinolaringologia, cirurgias de proctologia, vascular, ortopédicas, mastectomias, bariátricas e odontológicas para pessoas com necessidades especiais. Crianças portadoras do Pé Torto Congênito (PTC) também já são beneficiadas com as cirurgias corretivas.

Em 2022, o Hospital de Clínicas registrou a realização de mais de 8 mil e 500 cirurgias, contribuindo para o cumprimento da meta de 20 mil cirurgias no ano. Desde o início do programa, em 2019, o Opera Paraíba já contemplou mais de 33 mil paraibanos.

“Nossa proposta é que as cirurgias pediátricas aconteçam com uma frequência mensal aqui no Hospital de Clínicas, abrangendo inclusive outras especialidades, e proporcionando mais saúde e qualidade de vida para quem busca nosso serviço”, destaca a diretora geral do HC, Vívian Rezende.

Para participar do programa é necessário que o usuário faça a solicitação por meio da Secretaria de Saúde de seu município ou realize o cadastro na plataforma operaparaiba.pb.gov.br preenchendo os dados pessoais e anexando comprovante de residência, exames e laudos médicos. De acordo com o secretário estadual de Saúde, Jhony Bezerra, a quantidade de cirurgias voltadas para crianças e adolescentes deve se intensificar nos próximos meses.

“A meta do Governo do Estado é realizar mil cirurgias pediátricas até março em várias regiões do estado, levando saúde de qualidade para perto dos paraibanos, sem a necessidade de deslocamento para cidades maiores”, disse.

Secom PB