#229e00

#0d4f00

Picuí realiza entrega de alimentos do Programa Alimenta Brasil, nos Distritos de Serra dos Brandões, Santa Luzia do Seridó

Picuí realiza entrega de alimentos do Programa Alimenta Brasil, nos Distritos de Serra dos Brandões, Santa Luzia do Seridó

Na manhã desta última sexta-feira (18), foi realizada com sucesso no município de Picuí, Seridó paraibano, a entrega de alimentos do Programa Alimenta Brasil, nos Distritos de Serra dos Brandões, Santa Luzia do Seridó, sítio Mato Grosso e comunidades circunvizinhas a estas localidades.

A ação que é uma parceria do Governo Federal com o município foi realizada pelas equipes técnicas da Secretaria de Assistência Social, em parceria com a Secretaria de Agricultura.

Na ocasião, foram entregues Cará, Macaxeira, Batata, Mamão, Banana, beneficiando cerca de 480 famílias picuienses residentes na zona rural do município.

O Programa Alimenta Brasil, é uma ação do governo federal para a Inclusão Produtiva Rural das famílias mais pobres, foi criado pela Medida Provisória 1.061 de 9 de agosto de 2021, convertida na Lei 14.284, de 29 de dezembro de 2021, possui duas finalidades básicas: promover o acesso à alimentação e incentivar a agricultura familiar.

Para o alcance desses dois objetivos, o programa compra alimentos produzidos pela agricultura familiar, com dispensa de licitação, e os destina às pessoas em situação de insegurança alimentar e nutricional e àquelas atendidas pela rede socioassistencial, pelos equipamentos públicos de segurança alimentar e nutricional e pela rede pública e filantrópica de ensino.

O Alimenta Brasil também promove o abastecimento alimentar por meio de compras governamentais de alimentos; fortalece circuitos locais e regionais e redes de comercialização; valoriza a biodiversidade e a produção orgânica e agroecológica de alimentos; incentiva hábitos alimentares saudáveis e estimula o cooperativismo e o associativismo.

O Programa, regulamentado pelo Decreto nº 10.880 de 2 de dezembro de 2021, é executado por estados, DF e municípios, em parceria com o Ministério da Cidadania, e pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

Fonte: Portal do Curimataú