#229e00

#0d4f00

Paraíba alcança a segunda melhor cobertura contra a poliomielite do país.

Paraíba alcança a segunda melhor cobertura contra a poliomielite do país.

A Paraíba está em segundo lugar no ranking de cobertura vacinal do Brasil contra poliomielite, com 61,06% do público-alvo alcançado. Até o próximo dia 30, acontece a Campanha Nacional de Multivacinação e Poliomielite e o Estado conta com mais de 1.000 salas de vacina onde os pais e responsáveis devem levar suas crianças.

Dos 223 municípios paraibanos, os cinco com os melhores índices de vacinação contra a pólio, são: Joca Claudino (103,42%), Nazarezinho (103,31%), São Francisco (103,14%), Marizópolis (102,96%) e Mogeiro (102,46%). Já os municípios paraibanos com menores índices são: Campina Grande (35,38%), João Pessoa (33,57%), Cabedelo (32,52%), Alagoinha (28,77%) e Mamanguape (18,23%).

Apesar da colocação e do esforço na campanha vacinal, a Paraíba, assim como outros Estados brasileiros, ainda está abaixo da meta preconizada pelo Ministério da Saúde (MS), que é de 95%, faltando vacinar 88.724 crianças, de um ano a menores de cinco anos. “Com as baixas coberturas, há o risco altíssimo do retorno da poliomielite, uma doença cujas sequelas, normalmente, são motoras e estão relacionadas com a infecção da medula e do cérebro pelo poliovírus e não tem cura”, alertou a técnica do Núcleo de Imunizações, da Secretaria de Estado da Saúde (SES), Milena Vitorino.

A técnica observa ainda que as fakes news contribuem para essa baixa nos índices de vacinação. “Hoje estamos com um grande número de profissionais e usuários antivacina. E isso já vem de anos atrás, mas hoje vem repercutindo diretamente em nosso calendário vacinal trazendo baixas coberturas. Nós trabalhamos na ponta e sabemos da importância da vacina que existe há anos e vem protegendo e erradicando várias doenças. O nosso calendário vacinal do Ministério da Saúde é muito rico e protege contra 19 doenças.”, declarou.

De acordo com o Ministério da Saúde, o estado brasileiro em primeiro lugar, na vacinação contra a pólio, é Alagoas, com 62,82%. Em seguida, vem a Paraíba, (61,06%); Santa Catarina está em 3º (56,87%); Sergipe, em 4º, com 56,39% e Minas Gerais, está na quinta colocação, com 53,86%.

Campanha de multivacinação e pólio – Além da pólio, a campanha de multivacinação tem o objetivo de atualizar a caderneta da criança e do adolescente menor de 15 anos de idade. A campanha dedicada à vacinação contra pólio é voltada para atualizar o cartão das crianças menores de 1 ano e ofertar uma dose de reforço para todas crianças com idade entre 1 ano a menores de 5 anos.

De acordo com Milena Vitorino, até o fim da campanha, no dia 30, juntamente com o Vacina Mais PB, será realizado mais um Dia D, em 17 de setembro. Na ocasião, todos os municípios oferecerão as vacinas das duas campanhas.

Durante a ação e no Dia D de Mobilização do Vacina Mais Paraíba serão ofertados mais de 19 imunobiológicos. As vacinas disponíveis protegem contra tuberculose, hepatite B, difteria, tétano, coqueluche, meningite, pneumonia, otite, diarreia por rotavírus, doença meningocócica, influenza, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, hepatite A, catapora e HPV, além da poliomielite.

Secom-PB