#229e00

#0d4f00

Ministro diz que MEC teve R$ 460 milhões liberados e pagamentos de bolsistas da Capes serão feitos até o dia 13

O ministro da Educação, Victor Godoy, anunciou nesta quinta-feira (8) a liberação de R$ 460 milhões para despesas da pasta. O valor é apenas um terço do total de R$ 1,36 bilhão que foi bloqueado do Ministério da Educação (MEC) em um decreto publicado em 30 de novembro.

Desse total, R$ 210 milhões liberados para arcar com os pagamentos de 200 mil bolsistas da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) – referente a dezembro. Segundo comunicado, o pagamento deve ser realizado até a próxima terça-feira (13).

Mais cedo já havia sido anunciada a liberação de outros R$ 50 milhões para o pagamento de todas as bolsas dos programas destinados à formação de professores para a educação básica, informou, em nota, a Capes.

Na terça-feira (6), a Capes divulgou uma nota informando que não teria recursos para pagar as mais de 200 mil bolsas destinadas a estudantes de mestrado, doutorado e pós-doutorado em virtude de contingenciamentos (bloqueios) orçamentários. Os depósitos deveriam ter sido feitos até ontem (7).

Ainda segundo o MEC, uma negociação com a área econômica garantiu a liberação dos R$ 460 milhões para o setor da educação.

Click PB