#229e00

#0d4f00

Ministério da Saúde divulga orientações para vacinação de crianças de 3 a 5 anos contra a Covid-19

Ministério da Saúde divulga orientações para vacinação de crianças de 3 a 5 anos contra a Covid-19

Imunização deve seguir ordem de prioridades, começando pelas crianças imunocomprometidas.

O Ministério da Saúde divulgou, nesta terça-feira (19), as orientações para a vacinação de crianças de 3 a 5 anos contra a Covid-19. Segundo a Nota Técnica publicada pela Pasta, a imunização deve ser realizada por grupos prioritários, conforme os estoques da vacina Coronavac disponíveis nos estados e Distrito Federal.

O imunizante foi aprovado pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) para vacinação de crianças na última quinta-feira (14). Os técnicos da agência reguladora consideraram os estudos de efetividade e segurança da vacina nessa faixa-etária. O tema também foi amplamente discutido pelos técnicos da Câmara Técnica Assessora em Imunizações-Covid-19 (CTAI), que também orientaram pela ampliação da vacinação para esse público.

Segundo a recomendação do Ministério da Saúde, a vacinação deve começar pelas crianças de 3 a 5 anos imunocomprometidas e depois, o imunizante deve ser destinado para as crianças com 4 anos, seguidas pelas crianças de 3 anos de idade. O intervalo entre a primeira e a segunda dose da Coronavac deve ser de 28 dias. A pasta recomenda que, para o público a partir dos 5 anos, deve ser aplicada a vacina da Pfizer, já aprovada para a faixa-etária de 5 a 11 anos.

O Ministério da Saúde segue em tratativas com o Instituto Butantan, fabricante da Coronavac no Brasil, e com o Consórcio Covax, para aquisição de novas doses.

Redação com Ministério da Saúde