#229e00

#0d4f00

Com 12 esposas, 102 filhos e 568 netos, fazendeiro revela que não quer mais aumentar família

Musa Hasahya, um fazendeiro da Uganda, na África, de 67 anos, ficou famoso no mundo inteiro, por chegar a marca de 102 filhos e 568 netos, provenientes dos casamentos que possui com 12 mulheres, todas morando juntas na mesma casa com o fértil africano. Recentemente, Hasahya voltou a repercutir nas redes após uma decisão, cessar a fabricação de bebês, ou seja, deixar de aumentar a família.

As esposas foram alertadas por ele, as informando que ou usam métodos anticonceptivos, ou iriam passar fome, já que a cada filho feito a renda da família diminui bastante. “[A renda se tornou] cada vez menor ao longo dos anos, por conta do aumento do custo de vida no país”, disse.

Na cabeça do ugandês, somente uma mulher não pode satisfazer um homem, é preciso de várias para ser feliz. “Me casei com uma mulher atrás da outra. Como pode um homem ficar satisfeito com uma mulher?”, disse, Hasahya, o pai de 102 filhos.

“Monitorá-las e impedi-las de fugir”, esse é o motivo que o homem deu quando questionado o porquê de todas as esposas morarem juntas na mesma casa, revelando que as vigia com o intuito de impedir que se relacionem com outros membros da aldeia onde moram, na cidade de Lusaka, Zâmbia.

Aproximadamente um terço de todos os 102 filhos do homem moram com ele na fazenda, com idades que variam entre seis anos e 51 anos. Segundo informações, o filho mais velho de Musa Hasahya é 21 anos mais velho que a esposa mais nova do pai.

Portal Picuí Hoje com informações do Portal Tucumã.