#229e00

#0d4f00

Brasileiro com 9 esposas revela como faz para transar com todas elas

Brasileiro com 9 esposas revela como faz para transar com todas elas

As novas modalidades de amor ganham cada vez mais espaço. Os trisais, por exemplo, tornam-se cada vez mais presentes. Embora gere curiosidade, o poliamor já não causa tanto estranhamento quanto antigamente. Ainda assim, o caso do brasileiro Arthur O Urso foi parar na imprensa internacional nessa terça-feira (26/4). O modelo, que vive com suas 9 esposas, revelou ter organizado uma agenda do sexo para conseguir atender a todas as parceiras.

Ele e sua primeira esposa, Luana Kazaki, começaram como swingers e, depois de conhecer outras oito mulheres, decidiram formalizar a união em uma igreja católica em São Paulo. Embora não fosse juridicamente vinculativa devido à poligamia ser considerada ilegal no país, a ideia, de acordo com Arthur, era celebrar o amor livre e protestar contra o modelo de monogamia.

O sexo agendado

Logo no início, Arthur relata que teve dificuldades para equilibrar as necessidades de todas as parceiras. Ele, então, introduziu um horário de sexo para garantir que elas recebessem atenção o suficiente. Essa estrutura de agendamento, porém, não deu muito certo.

“Nossa vida sexual é muito divertida e prazerosa. Inicialmente, tentei fazer sexo com hora marcada. Mas seguir um horário causava muitos problemas e, às vezes, eu sentia que tinha que fazer sexo por causa do horário, e não por prazer. Em outras ocasiões, fiz sexo com uma esposa enquanto pensava em outra”, desabafou.

Os problemas fizeram com que Arthur desistisse completamente da rotina sexual e se concentrasse em deixar as situações fluírem naturalmente.

Agora, ele relata que tem se esforçado para equilibrar carinho, atenção e sexo na medida certa para todas. “É muito divertido, prazeroso e único vivenciar tudo coletivamente, e eles são todos muito diferentes na cama”, emenda.

Éramos 9

Modelo do OnlyFans, Arthur ainda revelou que uma das esposas não estava recebendo a atenção e carinho suficientes e resolveu se divorciar do grupo. “Ela me queria só para ela. Não fazia sentido, temos que compartilhar”, lamentou.

A grande família

O objetivo, no entanto, é voltar para o número antigo e selar a décima união, com um filho de cada uma de suas mulheres. Atualmente, ele só tem uma filha. “Eu acho que seria injusto ter filhos apenas com uma ou duas”, finalizou.

Metrópoles 

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on telegram
Share on email
Share on print